header2


1 DADOS BÁSICOS REQUERIDOS

PESSOAS

1) Perfil de usuários, grupos que as pessoas que utilizam o sistema

2) Usuários, cada funcionário que deve utilizar o sistema

3) Clientes, contatos de clientes

4) Fornecedores, contatos de fornecedores

5) Transportadores, contatos de transportadores

6) Pessoal, pode ser importado por planilha de funcionários

7) Controle de ASO de funcionários

8) Cargos de funcionários

ADMINISTRATIVO

9) Endereços de entrega e faturamento

10) Tipos de prazos aplicáveis a pagamentos e recebimentos

11) Tipos de documentos aplicáveis a pagamentos e recebimentos

12) Bancos

13) Contas bancárias, incluindo controle de limites

14) Naturezas de operação, CFOP

15) Comunicação Internet, incluindo controle de tarefas

RECURSOS

1) Unidades de medida

2) Categorias

3) Produtos

4) Serviços

5) Equipamentos

6) Veículos

GERENCIAIS

1) Tabelas de preços de vendas

2) Centros de custos

3) Plano de contas contábeis

4) Informações da empresa

5) Informações dos impostos

6) Vínculos contábeis para fornecedores, clientes, contas bancárias


2 GESTÃO COMERCIAL

Controle de orçamentos

Descrição:

Emite os orçamentos para a venda de produtos, poderão ter sua impressão enviada ao cliente, podendo ser diretamente pelo sistema, para fins de análise e aprovação.

Poderão ser feitos via plataforma web ou por meio de APP em dispositivo móvel.

Você quem diz como pretende fazer, assim os preços de vendas dos produtos, opcionalmente, poderão retornar de forma automática por tabelas previamente configuradas por cliente.

Neste caso, o cálculo do preço poderá ser definido, tomando por base o preço de custo, registrado na aquisição acrescido da margem determinada pelo usuário. Esta é apenas uma sugestão de cálculo, quaisquer outras que você imaginar poderão ser avaliadas e implementadas.

Aprovação de orçamentos

Descrição:

Um orçamento quando aprovado, converte-se num pedido de venda. Os dados de natureza de operação e conta contábil, aplicam-se aqui para fins de agilidade nos processos posteriores de emissão de nota, permitindo que a integração seja feita da forma mais completa possível.

Se você não quiser utilizar orçamentos e aprovações, já gerando diretamente os pedidos de vendas, isto poderá ser simplificado e implementado.

Pedidos de venda

Descrição:

Os pedidos documentam a venda realizada com dados comerciais acordados, relação de produtos, incluindo quantidades, preços unitários e demais informações afins.

A partir de um pedido poderão ser seguidos os passos seguintes de integração para faturamento.

Será possível fazer encaminhamento do pedido para o cliente direto do sistema. A gente configura sua conta de e-mail e o sistema pega a impressão e envia para o seu cliente.

Expedição de produtos em estoque

Descrição:

As expedições representam a baixa dos saldos dos produtos solicitados em estoque.

Entenda que existe duas formas a utilizar: origens de onde o produto poderá sair. Ou do estoque principal, ou do estoque de um centro de custo para onde o produto foi aplicado. Com a expedição realizada, ou entrega feita para o cliente solicitante, o faturamento do pedido poderá ser realizado.

Você poderá também a qualquer tempo consulta a rastreabilidade de dados de expedições para fins de saber mesmo o que foi que saiu por cada expedição ou consultando tudo de uma vez por um relatório nos filtros desejados.

Integração para faturamento direto

Descrição:

Nesta condição, o valor a faturar poderá ser integrado de forma parcial ou integral para o sistema de contas a receber, significa lançar uma previsão de recebimento sem precisar digitar, mas sim recuperando diretamente os dados do pedido para fazer isto.

Integração para faturamento por nota fiscal eletrônica de venda

Descrição:

Nesta condição, o faturamento já considera uma série de parâmetros que já permitirão fazer a composição e transmissão da nota fiscal eletrônica sem precisar digitar quase nada, pois tudo já vem pronto do pedido, adiantando e dando velocidade para seu trabalho. Com isto, a nota terá origem no pedido, a saída de estoque será executada no ato transmissão da nota, caso exista saldo é claro, e o título já também será lançado na forma automática, tudo rapidinho para você ter agilidade na sua empresa.

Integração para faturamento por nota fiscal de serviço

Descrição:

Esta condição é utilizada se o pedido for configurado para serviços, difere para quando é produtos, certo. Aqui não há uso de estoques. Você usará também o registro de conclusão, equiparável à parte que faz uma expedição se estivéssemos falando de produtos. Este indicativo demostra que você fez o que lhe pediram e agora pode fazer a previsão de uma receita. Se for lançar a nota de serviço, o valor integrado representará o valor bruto, na inclusão da nota você terá acesso às opções de impostos que incidem no serviço para sua conversão em valor líquido, são eles IRPJ, CSLL, PIS, COFINS, ISS conforme município.

Caso deseje gerar a NFSE direto na SEFAZ de sua cidade, precisaremos avaliar, pois cada município tem regras específicas para recepcionar uma requisição de envio de nota. Avaliaremos o caso, tratamos e poderemos implementar a esta solução.

Lembrando a integração da nota, integra também por sua vez o título automaticamente no sistema de recebimentos.


3 FATURAMENTO

Emissão de NF-e

Descrição:

Para emitir as suas notas pelo ERP TIBAN, inicialmente, ainda na parte de configurações, será possível definir o regime fiscal aplicável, podendo ser o SIMPLES NACIONAL ou o regime Normal. Com base nesta condição, toda a parte fiscal será automaticamente adaptada.

O sistema já vai gerar de forma integrada ao processo da nota fiscal, os lançamentos referentes aos títulos a receber e às movimentações de estoque.

Notas de entrada ou de saída poderão ser feitas de uma forma simples e rápida para dar a agilidade que o seu processo precisa.

Além das opções básicas de incluir, alterar, consultar, excluir, será possível também fazer uma inclusão a partir de uma nota existentes, realizando a cópia do registro para que se possa ganhar tempo.

O sistema faz a emissão ou cancelamento da nota, deixando para consulta ou download os arquivos de XML da nota e PDF com o DANFE.

Configuração de impostos para realização de cálculos automáticos

Descrição:

De forma rápida as suas configurações fiscais poderão ser realizadas, informando o CST ou CSON, código NCM e código de natureza de operação, com isto serão apresentados os campos requeridos para as alíquotas e pronto. Será possível ter mais de uma parametrização fiscal definida por produto.

Possibilidade de integrar o faturamento com diferentes processos de origem

Descrição:

Isto pode ser útil para, além de gerar eficiência no trabalho, assegurar consistência das informações. Exemplo, caso tenha possua já um pedido de vendas aprovado e com expedição de estoque realizada, se for preciso fazer este faturamento com a emissão de uma NF-e, esta não precisará ser digitada, pois serão importados todos os dados do pedido de venda na nota fiscal. Ou, outro exemplo, caso precise fazer uma remessa de produtos a partir de uma aplicação com baixa de estoque, também é possível fazer isto, ou tenha um padrão de espelho de faturamento e deseje fazer o mesmo com ele.

Assim, neste mesmo paradigma, quaisquer processos podemos integrá-lo para que haja confiança e rapidez no controle das suas informações.

Compactação e download de XML e DANFE

Descrição:

O sistema deixa à sua disposição filtros de consulta para que possa definir notas de períodos específicos que você deseja ter acesso. Ao ter isto definido, a confirmação poderá ser dada para compactar uma pasta dos arquivos desejados e executar download para o seu computador. Assim, terá sempre de forma rápida e acessível todos os documentos relativos ao seu faturamento, o que pode facilitar inclusive a sua interação com o pessoal de contabilidade da sua empresa.

Integração automática com os sistemas financeiro de recebimentos e de estoques

Descrição:

A partir do cadastro de Natureza de Operações, para cada código CFOP, será possível fazer uma parametrização referente a estas integrações. Informando se SIM ou NÃO, o CFOP selecionado deverá proceder com as integrações após transmissão de uma nota para a SEFAZ. Quando a opção for SIM, estas tarefas serão feitas de forma automática pelo sistema.

Parametrizações de simplificação

Descrição:

Importante destacar que buscamos eliminar qualquer trabalho redundante manual no seu processo de controle de notas. Utilizando eventos de automatização, tais como, pré-seleção de CFOP por produto consultado, cálculo automático dos impostos a partir da busca do produto, programação de vencimentos dos títulos já na emissão da nota, passagem automática de dados complementares da nota, enfim muitas outras pequenas tarefas desta espécie acelerarão o seu trabalho.

Podem ser detalhes, mas quando os detalhes se somam, geram o grande benefício no final.

Emissão de nota de serviço com cálculo automático de impostos

Descrição:

Ao gerar a nota de serviço, já será possível obter a diferença entre valor bruto e valor líquido com os impostos apurados para cada imposto. No caso de ISS, serão cadastrados municípios com sua alíquota respectiva. Estas notas farão também a integração automática dos títulos a receber.

Caso precise utilizar a SEFAZ do seu município integrada ao TIBAN, avaliaremos as regras aplicável para a cidade escolhida e avaliamos a possibilidade de emissão direta. Isto deve ser considerado, pois cada município do país, tem o seu próprio WEB SERVICE com tratamentos específicos.


4 ESTOQUE E CUSTOS

Inventário de produtos

Descrição:

Isto pode ajudar sua empresa a manter uma compatibilidade entre os saldos físicos (reais) e informados (sistema). Num primeiro momento, você conta tudo que existe, em seguida vai lá atualiza estas quantidades, mas com um tempo de uso, pode ser necessário fazer uma auditoria para tirar um inventário atualizado, aí você encontra uma divergência, é disto que estamos falando, aí entra esta parte para resolver, você pode atualizar as diferenças encontradas, avaliar em seguida se está tudo certinho, depois é só consolidar os dados que estoque voltará a ficar arrumado, lógico a causa de ter encontrado uma diferença, você precisará analisar de onde veio para evitar que ela ocorra novamente.

Além disto, poderá encontrar os saldos atuais, entradas e saídas por período a partir de diferentes relatórios à sua disposição para consulta.

Poderá determinar o seu método de cálculo para custo médio de estoque.

E, ainda, gerar consultas de movimentações com toda a rastreabilidade à disposição.

Controle de entradas e saídas diretas

Descrição:

As entradas e saídas poderão ser feitas de diferentes maneiras, assim você encontrará o meio mais apropriado à sua empresa. Estes controles podem ser alterados por manipulação direta ou por algum processo, tais como fez uma compra e fez a integração, isto irá adicionar os produtos no estoque, ou fez uma expedição por um pedido de venda, isto diminuirá o saldo destes produtos no estoque. Estes são exemplo, mas muita coisa poderá afetar isto, assim, com base na sua necessidade, aplicaremos o método certo.

Requisição de produtos ao estoque

Descrição:

A sigla será a RM (muito usada nas empresas para sinalizar Requisição de Materiais). Isto nada mais é do que um formulário eletrônico, que listará os produtos desejados a serem liberados pelo estoque para entregar a um determinado centro de custos.

Opcionalmente, o sistema pode ser configurado para neste meio ter uma aprovação de alguém responsável que permita ter a saída, se sua empresa não conta com estas instâncias de aprovação, isto pode ser dispensando.

Além disto, outras informações, tais como configurações para emissão de nota de remessa, romaneio para conferência, regras de automação para determinar quantidades específicas, tudo isto poderá ser utilizado como funcionalidades complementares.

Aplicações diretas

Descrição:

A partir da RM, uma aplicação poderá ser feita, confirmando a baixa de estoque dos produtos, isto permite uma visão completa dos saldos, de como está e como ficará após a aplicação. A confirmação retira o saldo do estoque e registra a entrada e torna o produto disponível nas quantidades aplicadas acrescidas das quantidades existentes no centro de custo.

Aplicações em trânsito

Descrição:

A diferença da aplicação direta para a aplicação por trânsito, é que neste caso, representa o que palavra já está dizendo, o produto precisa antes sair de um ponto para chegar a outra, por isto, está em trânsito, portanto esta é uma condição temporária que será finalizada ao ser realizada a baixa do trânsito, confirmando finalmente a entrada do produto no centro de custo.

Várias opções de acompanhamento serão apresentadas para que seja possível saber a situação dos produtos quanto à sua aplicação ou saída de estoque.

Baixas dos produtos aplicados no centro de custo

Descrição:

Para esclarecer isto, antes vamos destacar que, acabamos de ver nos tópicos anteriores que o sistema dispõe dos processos de aplicação, que retiram os produtos do estoque e os armazena em um determinado centro de custo de destino para onde os produtos foram, certo. Então, agora falando deste tópico, entendemos que temos um saldo disponível no CC e, a qualquer momento, podemos decidir consumi-lo. Para fazer isto, haverá um controle deste consumo, mantendo a rastreabilidade em relatórios para acompanhamento destas variações.

Tabelas mensais contábeis de saldos de produtos

Descrição:

Para lhe ajudar a compreender, anote que temos 3 pontos para encontrar um determinado produto, ou ele está no estoque ? EC, ou está no centro de custo ? AC, ou está em trânsito ? TC. Estes são os locais. Mensalmente, o sistema mantém relatórios consolidados resultados destes saldos para acompanhamento dos estoques e alimentação do sistema SPED FISCAL.

Com isto, por uma competência de mês/ano, será possível obter as variações e os resultados de saldos dos produtos por períodos.


5 COMPRAS

Solicitação de compras

Descrição:

Pela abreviação SC, ou solicitação de compras, descrição autoexplicativa.

Esta é a primeira etapa para iniciar um processo de compra, será estabelecida uma data limite para quando os itens solicitados estejam em estoque à disposição para retirada, uma relação destes itens deverá ser definida, cada item com a sua respectiva quantidade.

Os dados de uma RM ? requisição de material interna ao estoque, poderá ser a origem da lista de itens solicitados, podendo ter estes dados importados diretos na SC.

Cotação de preços

Descrição:

A partir de uma SC, será possível gerar uma ou mais cotações para coletar os preços e condições comerciais entre diferentes fornecedores. A finalidade será preparar um mapa comparativo para avaliação e decisão, conforme etapa seguinte.

Ainda na cotação, caso facilite, o usuário poderá exportar e importar dados para uma planilha externa. Exportando com os dados requeridos a serem cotados. Importando com os dados fornecidos pelo fornecedor selecionado. Isto evita trabalho de digitação e perda de tempo.

Poderá também ser utilizado um padrão de envio direto do sistema para o e-mail dos fornecedores, contendo os dados de cotação dos produtos desejados.

Há ainda opções de preservar o histórico de compras por produto, por fornecedor para que acompanhe rapidamente os preços e compras já realizadas ao longo do tempo.

Mapa comparativo de informações comerciais

Descrição:

Consolida os dados das cotações comparadas para que o gestor possa decidir a melhor opção de compra. Assim, o sistema oferece uma visão simplificada que lhe permitirá saber qual o melhor lugar para que você realize a sua compra.

Caso deseje fazer a impressão disto, também encontrará esta opção.

Caso deseje instituir uma política de aprovação por faixas de valores e por pessoa responsável, poderemos este tipo de controle na sua aplicação.

Pedido de compra

Descrição:

Resultado do desdobramento das etapas de SC, cotação e mapa, aqui as informações já estarão arrumadas na forma de um pedido padrão comercial, caso seja necessário será possível editá-lo, mas se já estiver tudo pronto, você poderá imprimi-lo, salvar como um PDF ou enviar para o e-mail do fornecedor. Isto formaliza a realização da compra, onde a etapa seguinte e final será para fazer o recebimento e conferência dos produtos e nota fiscal.

Recebimento e conferência de aquisição

Descrição:

Para finalizar o processo de compras, utilizamos esta etapa, os dados já virão automaticamente quase por completos com o seu preenchimento devido, porém algumas coisas ainda serão preenchidas, tais como número da nota fiscal e programação de vencimentos das parcelas a pagar.

Caso os produtos sejam entregues com as quantidades parciais, será possível manter o acompanhamento do mesmo processo para as entregas seguintes, caso tudo seja entregue, o processo será encerrado.

Avaliação de fornecedores

Descrição:

Opcionalmente, pode ser feita baseada em critérios percentuais uma pesquisa de avaliação de qualidade da entrega pelo fornecedor, isto poderá gerar um relatório de avaliações ao longo do tempo.

Integração para sistemas de pagamentos e de estoques

Descrição:

Utilizamos para abreviar o termo RECCONF, assim, se for realizada, haverá integrações para os sistemas de estoque e financeiro de contas a pagar.

No caso de estoques, serão adicionados os saldos dos produtos adquiridos.

No caso de financeiro, teremos o título lançado vinculado à compra realizada, preservando o histórico de todas as informações do processo de compras para fins de consulta e rastreabilidade.


6 CONTROLADORIA

Contas a pagar

Descrição:

Como já observamos nos tópicos anteriores, sabemos que os pagamentos poderão ter origem de processos externos, exemplo, processo de compra, dentre outros.

De todo modo, estes lançamentos podem também ser incluídos independentes, exemplo, caso queira incluir um pagamento de uma conta de luz, de um aluguel, ou qualquer outra coisa assim, você pode usar a inclusão direta. Há duas situações principais, ou a conta está prevista para pagar, ou está baixada e já foi paga. Se necessário, pode usar algum critério para aprovação de pagamentos. Também, há diferentes formas para realizar uma baixa, pode ser simples ou pode ser múltipla, sendo vários de uma vez num único débito.

Caso deseje anexar comprovantes ou algum documento referente ao pagamento, também pode, além do sistema gerar uma impressão de recibo.

Caso precise também trabalhar com rateios de valores por centro de custo ou por conta contábil, o sistema também tem isto.

Contas a receber

Descrição:

Assim como os pagamentos, os recebimentos também poderão ter origem de processos externos, exemplo, processo de pedidos de vendas, dentre outros.

De todo modo, estes lançamentos podem também ser incluídos independentes, exemplo, caso queira incluir uma receita avulsa, ou algum crédito que entrou na sua conta, ou qualquer outra coisa assim, você pode usar a inclusão direta. Há duas situações principais, ou o título está previsto para receber, ou está baixado e já foi pago. Também, há diferentes formas para realizar uma baixa, pode ser simples ou pode ser múltipla, sendo vários de uma vez num único crédito.

Caso deseje anexar comprovantes ou algum documento referente ao recebimento.

Fluxo de Caixa

Descrição:

Isto ficará disponível tanto nas opções de pagamentos, como de recebimentos. Há 3 formas de fazer uma programação de receitas ou despesas, a partir das datas de vencimentos de um lançamento, são elas: parcela única, o nome já diz o que é não precisa nem explicar, série linear, aplicável para intervalos de tempo equidistantes entre as parcelas que, independente, da quantidade terão sempre o mesmo um valor. E, por fim, a série específica, atendendo aos casos de intervalos de tempo aleatórios, com valores de parcelas aleatórios, obviamente, totalizando no valor final requerido.

Livro Caixa

Descrição:

Com base em período selecionado, as movimentações de crédito e débito poderão ser avaliadas e editadas quando necessário. A visão permite consolidar resultados diários com detalhamentos por cada lançamento para fins de gerenciamento da situação financeira do negócio.

Movimentação bancária

Descrição:

Como já vimos antes algo sobre as baixas, o que torna um lançamento realizado, seja para pagamento ou para recebimento, isto então pode ser complementado aqui, o sistema irá apresentar o extrato da movimentação bancária de um determinado lançamento, considerando a data de sua baixa, assim em créditos para os recebimentos, em débitos para os pagamentos.

Ao incluir a conta, haverá opção de informar o saldo atual, mais os créditos, menos as despesas do período consultado, será possível acompanhar o saldo final disponível na forma de um extrato bancário.

Caso deseje utilizar uma integração direta com o banco para fazer a remessa de pagamento e depois baixar o retorno pelo arquivo do banco, será possível tratar isto, informe-nos qual o banco que deverá ser utilizado.

Importação de XML de fornecedor

Descrição:

Caso você tenha a prática de pedir o arquivo XML da compra para o seu fornecedor, então poderá usar esta funcionalidade.

O sistema tem a opção de importar este arquivo, fazendo isto, poderá fazer uma conferência em seguida para observar se tudo está como esperado nos dados importados, em seguida, poderá confirmar e consolidar. Isto fará a integração com a entrada de estoque, bem como a integração com o sistema de contas a pagar.

Uma observação é, que para fazer isto, os códigos dos produtos do sistema precisam estar pareados com os códigos dos produtos do fornecedor, com isto tudo irá funcionar bem. Além disto, o sistema mantém o armazenamento de todos os seus arquivos para consultar quando for preciso.

Medições conforme o padrão do cliente

Descrição:

Em geral, como cada empresa possui o seu próprio método de realizar suas medições para faturamento, por exemplo, gerando um espelho de fatura a partir de contagem de serviços realizados, então precisaremos conhecer o seu modelo, com base nisto podemos integrá-lo ao sistema e deixá-lo alinhado aos esquemas de faturamento já definidos, isto diminuirá seu trabalho e lhe poupará tempo, além de tornar suas informações mais confiáveis.

Espelhos de faturamento conforme o padrão o cliente

Descrição:

Caso precise gerar espelhos para aprovação de seu faturamento com o cliente, podemos dividir isto em duas etapas, a primeira determina as parametrizações e regras de seu faturamento, onde as informações são previamente atribuídas, incluindo configuração para valores de serviços. Em seguida, geramos o espelho de fatura propriamente dito, contendo todas as informações necessárias para a aprovação do cliente.

Isto poderá variar um pouco de acordo com o tipo do negócio, mas, em linhas gerais, a ideia central será a mesma, faremos os ajustes ligados às suas especificidades.

Controle de impostos de notas fiscais de serviços

Descrição:

Como os cálculos dos impostos incidentes nas notas de serviços já ficam dentro do padrão vigente de legislação, isto apenas irá requerer que o valor bruto seja informado, assim o que tiver de ser apurado por retenção na fonte, poderá ser confirmado no ato da baixa do título, quando o dinheiro constar na conta corrente. As retenções podem ser configuradas e, também, podem ser integradas o sistema financeiro de contas a pagar. Aplicável para IRPJ, CSLL, PIS, COFINS, ISS, INSS (este último, havendo mão-de-obra no serviço).

Plano gerencial de contas contábeis

Descrição:

O plano gerencial de contas contábeis é extremamente importante para apuração de custos, então, primeiramente, é sempre bom estrutura-lo de uma forma alinhada com as práticas reais de organização de contas na empresa.

O plano pode conter as contas sintéticas, cuja finalidade será agrupar as demais contas. Para ficar mais claro, é como se fosse uma conta mãe com suas contas filhas. Esta relação deve ser definida pela hierarquia dos códigos. Os lançamentos ocorrem dentro das analíticas, as sintéticas serão totalizadoras. Isto poderá ser gerenciado a partir de relatórios com diferentes visões.

Lembrando, também, que é possível configurar contas para despesas, contas para receitas ou para ambos os tipos.

Centros de custos sintéticos e analíticos

Descrição:

Conforme vimos em plano de contas as divisões sintética e analítica, usaremos esta analogia para os centros de custos.

Os centros de custos devem apropriar todo lançamento que for feito, seja de crédito, seja de débito. Será possível gerar inclusive rateios quando preciso. O monitoramento de resultados será obtido a partir da análise por relatórios diversos que o sistema apresenta.

Caso sua empresa deseje determinar um valor limite de gasto por centro de custo e acompanhá-lo na execução, isto será possível fazer também.


7 OPERAÇÃO

Ordens de serviços

Descrição:

Aplicável aos casos de algum tipo de manutenção ou conserto, este processo somente será útil para que use prestação de serviço. Caso trabalhe com isto, então poderá relacionar os materiais e serviços consumidos para executar a prestação do serviço para o cliente, especificando quantidades e preços unitários de cada parte deles. Existem as funções para impressão e aprovação, assim terá este registro documentado para uma assinatura se preciso. Ou pode deixar na forma eletrônica se preferir.

Integração de notas fiscais com ordens de serviço

Descrição:

A OS poderá ser integrada para gerar a uma nota de venda dos itens para o cliente, o mesmo pode ocorrer com os serviços, que já, ambos, ficarão integrados com a parte de títulos no sistema financeiro de recebimentos.

Controles específicos para produção conforme o padrão do cliente

Funções: CRUD, Importações

Descrição:

No caso de haver algum tipo de controle específico para Ordem de Produção ou, mesmo controles para documentar a produtividade, estes casos iremos avaliar o caso específico e podemos fazer integrações com o sistema.


8 LOGÍSTICA DE MATERIAIS - (Foco em Transporte Marítimo)

Controle de equipamentos

Descrição:

Estes equipamentos serão os contêineres de carga para realizar o transporte de produtos entre portos. Toda parte de certificação e controle de expiração de datas de vencimentos dos certificados dos equipamentos poderá ser controlada por funções e relatórios do sistema. Contemplando ambos os tipos de certificado: END e ROTINA.

Total controle de localização dos equipamentos a partir da realização das operações de embarque e desembarque.

Controle de acessórios

Descrição:

Estes acessórios serão utilizados para dar suporte ao manuseio dos contêineres durante as suas operações de transporte. Toda parte de certificação e controle de expiração de datas de vencimentos dos certificados dos acessórios poderá ser controlada por funções e relatórios do sistema. Contemplando ambos os tipos de certificado: END e ROTINA.

Controle de certificações

Descrição:

Toda a documentação de certificados, tanto para equipamentos, quanto para acessórios, poderá ser monitorada pelo sistema, o sistema irá alertar proximidade de períodos de renovação, contando por dias faltantes por certificado. Ficará acessível para download direto da nuvem o documento anexo.

Veto de operação de equipamento com certificado vencido ou com proximidade de expiração.

Emissão de guias para embarque e desembarque

Descrição:

Controle de embarque e desembarque dos equipamentos, controle de rotas e movimentações para cada equipamento, podendo informar data e hora de partida ou chegada, localização entre origem de partida e destino de chegada. Controle de documento de autorização para embarcar. Possibilidade de visualizar impressão de relatório por guia gerada e acompanhamento das situações por equipamentos.

Rotas e movimentações

Descrição:

Relatórios inteligentes usando diferentes bases de dados comparativas poderão fornecer uma visão clara das situações por equipamento. Desta maneira, será muito mais fácil para você gerenciar e controlar os equipamentos e recursos.

Envio automático de e-mails

Descrição:

Opções para configurações de destinatários de forma automática, com níveis de autorização definidos para envio de mensagem contendo os relatórios de embarque ou desembarque diretamente do sistema.

Envio e recebimento de equipamentos

Descrição:

Este processo permite fazer o controle de armazenamento internos dos produtos dentro de um contêiner, estabelecendo padrões para planejamento e organização para envio, bem como retorno dos equipamentos nas viagens entre diferentes portos ou centros de custos.

Relatórios numéricos e gráficos

Descrição:

Possibilidade de visualizar diferentes visões de relatórios para os processos de logística, será possível estabelecer configurações sob medida para gerar resultados numéricos ou gráficos.


9 DOCS CLOUD

· Gerenciador eletrônico de documentos

· Interação e comunicação de atividades

Descrição:

Esta solução permitirá com que você possa manter seus arquivos organizados por pastas no padrão Windows, diretamente, na nuvem. Além de poder passar mais informações detalhadas sobre o arquivo, caso deseje. Para acessá-lo bastará clicar e realizar o download.

As opções para gerenciamento de documentos estão distribuídas em diferentes processos pelo sistema, onde haja a necessidade de preservar documentos para consulta ou compartilhamento entre as pessoas.

O sistema oferece ainda ferramenta para planejamento tarefas, bem como acompanhamento e avanço das ações realizadas, responsáveis e prazos poderão ser definidos para fins de medição de resultados.


10 GESTÃO DA QUALIDADE

· Emissão e tratamento de não conformidades

· Controle de documentação para auditorias de qualidade

· Resultados em relatórios de monitoramento

Descrição:

Aplicável para as empresas que usam ferramentas de qualidade no controle dos seus processos.


11 RELATÓRIOS

Descrição:

Mais de uma centena de relatório está disponível relacionados aos processos para consulta e análises com diferentes visões. Resultados também em forma gráfica poderão ser gerados. Ademais, quaisquer outros relatórios poderão ser elaborados, conforme a necessidade do usuário.


12 INFRA-ESTRUTURA E AUTORIZAÇÃO DE ACESSO

Descrição:

Utilizamos cloud server com ambiente de alta disponibilidade e performance com opção de elasticidade de recursos quando preciso. Suas informações seguras e acessíveis a qualquer tempo.

Além disto, todos os processos ou funcionalidades especificadas poderão ser controladas por nível de responsabilidade dos usuários. Assim, as informações ficam restritas apenas às pessoas autorizadas.


13 SERVIÇOS

Processos adaptados de negócios

Descrição:

Nossa expertise garante alta produtividade e alta qualidade no resultado final do seu produto. Convertemos sua ideia ou necessidade num produto final integrado ao sistema. Por isto, caso precise desenvolver novas soluções de software, poderemos implementar o resultado correspondente às expectativas do seu negócio.